Quebrando o Brawl parte 1: Comandantes

Post Image
28 de março de 2018. Brawl

No último dia 22 fomos surpreendidos pela Wizards com o anúncio de mais um formato, o Brawl.

Resumidamente, o Brawl é um formato casual, onde você monta um deck no estilo Commander, mas com apenas 60 cartas válidas no Standard.

O deck precisa ter uma criatura lendária ou planeswalker como comandante e mais 59 cartas dentre as quais pode haver somente uma cópia de cada (exceto terrenos básicos). Além disso, todas precisam seguir a identidade de cor do comandante.

Cada jogador começa com 30 pontos de vida e fora isso não há nenhuma regra adicional.

O formato é sugerido para ser jogado em modo multiplayer (mesão), mas assim como o Commander também pode e será jogado em modo Duel (1 vs 1).

Formatos vem e vão (ei Frontier, estou olhando pra você!), mas vários fatores tornam o Brawl algo tremendamente interessante.

Primeiramente são válidas apenas as cartas que são legais no Standard, então nada de comandantes exotéricos e old duals difíceis de conseguir, ou seja, à exceção de algumas staples que jogam em formatos competitivos, praticamente todas as cartas tem de média a alta disponibilidade no mercado.

Em segundo lugar, com apenas uma cópia de cada carta no deck a tendência é que o valor dos decks seja bem abaixo de um deck tradicional do Standard, pois será necessário utilizar cartas menos eficientes e mais baratas ($$) no lugar das cópias das primas ricas.

Consequentemente, um deck Standard que for simplesmente "traduzido" para Brawl deve perder consistência, o que abre espaço para arquétipos novos, deixando o formato completamente em aberto.

O formato também se encaixa como uma luva na "saga do herói" para o ideal de novo jogador da Wizards, que é a pessoa que passa pelo Open House, joga o Pré Release, o Draft Weekend e depois a Liga de Booster da edição.

Alguém que passe por esse tour acaba juntando uma pool de cartas que ainda não é suficiente para completar um deck Standard, mas é boa o bastante para montar um Brawl.

Além disso, os jogadores que são mais experientes também vão poder colocar o seu deck building à prova, dando uso para as cartas paradas lá do fundo da pasta.

O Brawl também é perfeito pra todo mundo que sempre quis ter a sua carta favorita liderando seus exércitos a partir da zona de comando, mas não conseguia montar um commander por conta de restrição financeira ou disponibilidade de cartas.

Ou seja, diferente de outros formatos o Brawl já chega com uma grande expectativa e apostando no entusiasmo dos mais variados perfis de jogadores.

Os Brigões

E depois de toda essa excitação, no post de hoje vamos dar uma palhinha do que vem por aí com a lista completa de comandantes disponíveis para você começar a montar o seu Brawl, lembrando que possível, não quer dizer viável.

Buscamos no Gatherer por criaturas lendárias e planeswalkers do Standard e encontramos os seguintes comandantes em potencial, separados por identidade de cor:

Incolor

Já que a identidade de cores limita quais cartas podem ir no deck, será que é possível fazer um Brawl incolor?

Se depender da Esperança de Ghirapur sim. Com uma habilidade interessante, especialmente contra decks de controle, resta saber se há mana e companheiros suficientes, já que nenhum terreno básico pode ser utilizado.

Spoiler: já existem 18 terrenos sem identidade de cor + Terras em Desenvolvimento, com pelo menos mais um confirmado para Dominária.

Além disso, também em Dominária, teremos o novo Karn que também pode ser um excelente comandante.

Branca

Azul

Preta

Vermelha

Verde

Branca e Azul

Azul e Preta

Preta e Vermelha

Vermelha e Verde

Verde e Branca

Branca e Preta

Branca e Vermelha

Azul e Vermelha

Azul e Verde

Preta e Verde

Grixis

Naya

Vem pro Brawl!

E se você já montou o seu Brawl, venha medir forças com outros briguentos amanhã no primeiro Brawl da Deck Store.

Não montou o seu deck ainda? Então fique de olho no nosso blog que vamos publicar algumas listas marotas em breve.

Artigos relacionados:

A temporada de Dominaria já está chegando ao fim. Confiram as datas dos últimos eventos da Liga Deck Store e preparem os seus decks para a grande decisão

Terça-feira é dia de Brawl, e no post de hoje trazemos uma lista que reúne os melhores veículos e pilotos de Kaladesh e será capaz de te colocar no topo do pódio do Brawl.

Um dos servos mais simpáticos de Nico Bolas em Amonkhet, esse deus que ficou meio esquecido no Standard mostra sua força no Brawl em um deck que vai tirar os seus oponentes do sério

No post de hoje trazemos o Brawl de uma das heroínas mais duronas de Amonkhet, que liderou o bestiário de Rhonas na luta para defender o seu povo contra as forças malignas do Deus Faraó

No post de hoje trazemos pra vocês o review de um deck que abusa das mecânicas de embalsamar e eternalizar do bloco de Amonkhet